Facebook se recusa a tirar do ar grupo que incita violência contra ciclistas

O facebook se recusou a tirar do ar a página de um grupo que incita a violência contra ciclistas. É o que denuncia o streetsblog.org

O grupo conta com o apoio de aproximadamente 33.ooo estúpidos espalhados pelo mundo e consegue fazer piadas com imagens como essa

ou essa

Um dos grandes problemas nessa questão é que os motoristas acreditam que as ruas pertencem aos carros e se os carros pertencem aos motoristas, logo as ruas também pertencem aos motoristas. Eu fico cada vez mais impressionado com o fato de a posse de um objeto pode poder conduzir as pessoas a esse tipo de conclusão. Um dos membros do grupo postou uma foto de um grupo de ciclistas pedalando por uma estrada e não se conformava  de ter sido obrigado a mudar de faixa para ultrapassá-los e contestou até o direito de aquele grupo estar alí pois os ciclistas não pagam licenciamento de veículos…

O contra ataque do ciclistas ocorreu no próprio grupo ao qual muitos se tornaram fans e postaram fotos de bikes e posts sobre bicicletadas ao redor do planeta. Faça a sua parte, entre lá e denuncie as fotos e os comentários como incitadores de violência e o facebook não poderá simplesmente ignorar o fato.

Também há um outro grupo de pessoas tentando retirar os fascistas do ar. Junte-se a todos nós que queremos viver com menos violência e mais convivência. Denuncie as fotos, mensagens, membros, aplicativos ou seja lá o que for que promova a agressão a ciclistas ou a quem quer que seja.

Anúncios

10 comentários em “Facebook se recusa a tirar do ar grupo que incita violência contra ciclistas

  1. Não sei se você percebeu mas nas duas comunidades há carros matando pessoas. Talvez seja esse o problema: carros matando pessoas. Motoristas achando que o pagamento do licenciamento do carro lha dá a posse das vias públicas.
    Atente para o fato de que uma expressão de ódio não é uma crítica, pois uma crítica depende de lógica, raciocínio e conhecimento.
    Mas te digo que eu não odeio os carros, pois que são uma ferramenta bastante útil em determinadas ocasiões.
    Sequer odeio um cara que se dá ao trabalho de criar um espaço para incitar a violência. Odiá-lo seria reproduzir a lógica perversa que o aprisiona.
    A tentativa de tirar do ar a comunidade citada é justamente uma tentativa de construir a tolerância e a boa convivência entre quem quer que seja.
    Obrigado pela visita.

  2. Até colocaria aqui várias imagens de pessoas fazendo N coisas piores que isso.O que será pior uma imagem de carro matando ciclistas ou imagens de carro matando crianças?Tudo bem que o fatos vale para qualquer coisa, matar qualquer um é tipo, crime, mas o problema não está realmente na brincadeira penso eu, mas sim nas pessoas que se deixam levar por isso e que provavelmente seram levadas por outras coisas pelo julgo fraco, entendeu?
    è chuva de mais para um copo d’agua.Acabou que você também ajudou para mais pessoas verem a imagem, viu, ta matando gente, olha que coisa horrivel.

  3. Tá bom, a imagem faz com que pessoas matem, garanto que entao ninguem pode assistir jornal na TV, por que é como ter uma aula sobre “Mil e uma maneiras de matar e ir para o inferno”.
    Saca quando falo que o problema não é a imagem ou o assunto, mas as pessoas em si.

  4. O problema não é a imagem, mas o uso que foi feito dela. Nenhuma imagem faz com que pessoas matem mas pode estimular um caráter violento e intolerante. A campanha não é contra a imagem ou contra a piada feita com ela. É contra uma forma egoísta e preconceituosa de pensar que pode causar um grande estrago na cabeça de pessoas que ainda não têm a personalidade definida, consciência de seus valores e as idéias bem claras.

  5. Não sei se você percebeu mas nas duas comunidades há carros matando pessoas. Talvez seja esse o problema: carros matando pessoas. Motoristas achando que o pagamento do licenciamento do carro lha dá a posse das vias públicas.Atente para o fato de que uma expressão de ódio não é uma crítica, pois uma crítica depende de lógica, raciocínio e conhecimento.Mas te digo que eu não odeio os carros, pois que são uma ferramenta bastante útil em determinadas ocasiões.Sequer odeio um cara que se dá ao trabalho de criar um espaço para incitar a violência. Odiá-lo seria reproduzir a lógica perversa que o aprisiona.A tentativa de tirar do ar a comunidade citada é justamente uma tentativa de construir a tolerância e a boa convivência entre quem quer que seja.Obrigado pela visita.
    +1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s