Nova Categoria

A partir de hoje uma nova categoria será adicionada a esse blog. Trata-se do mapeamento dos problemas urbanos retratados  na cultura brasileira. Serve música, filme, livro, pintura, performance, teatro, qualquer manifestação artística, famosa ou não. Mande suas sugestões. Vamos ver como importantes formadores de opinião expressam seus sentimentos acerca do modo de vida no qual estamos todos inseridos. 

Eu começo com os Paralamas do Sucesso. A faixa Capitão de Indústria foi gravada originalmente no disco 9 Luas, de 1996.

Capitão de indústria (Paulo Sergio Valle – Marcos Valle)

Eu às vezes fico a pensar 
Em outra vida ou lugar 
Estou cansado demais 

Eu não tenho tempo de ter 
O tempo livre de ser 
De nada ter que fazer 
É quando eu me encontro perdido 
Nas coisas que eu criei 
E eu não sei 
Eu não vejo além da fumaça 
O amor e as coisas livres, coloridas 
Nada poluídas

Eu acordo p’rá trabalhar 
Eu durmo p’rá trabalhar 
Eu corro p’rá trabalhar

Eu não tenho tempo de ter 
O tempo livre de ser 
De nada ter que fazer 
Eu não vejo além da fumaça que 
Passa 
E polui o ar 
Eu nada sei 
Eu não vejo além disso tudo 
O amor e as coisas livres, coloridas 
Nada poluídas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s